Metal Solutions

Trabalhar o metal sempre foi a nossa paixão, mas o dodecaedro, esta peça única, lançava-nos desafios constantes: no desenho, na planificação, na execução, no acabamento, em toda a sua envolvência, fazendo-nos gravitar à volta deste novo universo. 
O investimento material e pessoal foi à medida das nossas aspirações: intenso e profundo. Pusemos em causa a forma como as ideias se materializam, em metal. Apuramos técnicas, melhoramos ferramentas, revimos metodologias, abandonamos preconceitos e até a forma como percebemos o Universo. Não só o dodecaedro. Ao contemplar o produto da nossa imaginação, percebemos o quanto inovamos, mas sentimos, também, a adrenalina no que significa ir mais longe.
Afinal, o que aconteceu? Arte? O que é arte? E se atribuirmos um objetivo à arte, se a desafiarmos com uma nova função, isso é o quê? Design?
Os conceitos interessam?
E será que conseguimos controlar esta nossa obsessão pela singularidade, pelo detalhe, pela procura da perfeição nos desafios a que nos propomos? Ou queremos? Afinal, o que nos move?